Aprendam a ler os rótulos e a saber quais os Ingredientes dos cremes. Esta informação é muito importante para saberem se a linha de tratamento que estão a adquirir é o que realmente necessitam para a vossa pele.

 

Os principais Ingredientes dos cremes anti-idade

Aprender a ler os Ingredientes dos cremes anti-envelhecimento

 

Ácido hialurónico

Quase todos já ouvimos falar deste componente. E é provavelmente o mais conhecido quando se fala em rugas.

É um ingrediente poderoso para o combate ao envelhecimento (como podem ler no meu post – O meu segredo para combater as rugas é o ácido hialurónico) porque actua como factor hidratante da pele, ao ajudar a reter água, originando uma pele mais jovem, preenchida e firme.

 

Ceramidas

Tentando explicar de forma mais simples, é como se fosse a cola que mantém as células da pele unidas criando uma textura saudável e jovem. Cremes com ceramidas têm bons resultados em peles sensíveis ou com danos causados pelo sol.

As Ceramidas encontram-se em fontes vegetais, e também são sintetizadas pelo nosso corpo, sendo um componente essencial da nossa pele ajudando a formar uma barreira que reduz a possibilidade de infecção e ajuda a manter a pele hidratada. Uma redução das ceramidas na epiderme resulta numa pele seca e é uma das maiores causas de rugas.

Retinol

É uma molécula derivada da vitamina A e é considerada como uma das mais poderosas armas contra o envelhecimento. Ao atuar na genética das células consegue  potenciar a sua renovação, aumentar a produção de colagénio, resultando numa pele mais firme, com menos rugas ou marcas. Pode ser usado em creme ou em sérum mas sempre à noite porque é um ingrediente sensível à luz solar.

 

AHA e BHA

Os Alpha Hydroxy Acid (ou alfa-hidroxiácido) são ácidos que derivam de frutos que têm propriedades rejuvenescedoras. O mais comum, na beleza, é o ácido glicólico, com forte poder de regeneração da pele. São ingredientes bons para peles normais a secas com danos solares ou cicatrizes porque ajudam a hidratar e melhoram a produção de colagénio. Em concentrações baixas, estes ácidos retém a água, e funcionam de modo a fixar a hidratação na pele. Em concentrações mais altas, são esfoliantes químicos que quebram a ligação entre as células da pele e, assim, libertam as células mortas.

Por outro lado, o Beta Hydroxy Acid (ou beta-hidroxiácido) diz respeito ao ácido salicílico, um composto químico idêntico ao usado nas aspirinas e que, na pele, é ótimo para combater a oleosidade, o acne e as vermelhidões ao ter uma ação exfoliante, purificante e de desobstrução dos poros.

 

Vitamina C

É uma vitamina super importante pois é rica em activos rejuvenescedores.

Está comprovada a sua função no aumento da produção de colagénio, na redução de rugas e na uniformização do tom de pele, porque ajuda a clarear alguns tipos de manchas. Fortalece a barreira da pele e protege-a das inflamações. A vitamina C ajuda ainda a pele a suportar melhor a exposição ao sol. 

Para além de podermos aproveitar os seus benefícios nos cremes que aplicamos, podemos também ingeri-la em comprimidos. Eu tomo estes Vitamina C

 

Vitamina E

Esta é uma vitamina que faz bem a qualquer tecido. Vitamina E ou Tocoferol actua na pele do rosto como lubrificante, ajuda a proteger as células dos danos oxidativos e, como estimula o colagénio, também actua na firmeza e na elasticidade da pele. É, portanto, um ingrediente a procurar para as peles maduras e secas. Ajuda a melhorar o aspecto das cicatrizes.

Assim como ingerimos a vitamina C, também podemos ingerir a Vitamina E em comprimidos.

 

Resveratrol

É o mais poderoso dos antioxidantes. Este Ingredientes dos cremes pode ser encontrado principalmente nas sementes de uvas, na película das uvas pretas, no vinho tinto, e também na pele do amendoim. O seu poder está relacionado com a sua capacidade de ativar as sirtuínas que basicamente abrandam o processo de envelhecimento em geral.

 

Hidroquinona

Hidroquinona ou quinol, como é mais conhecida, é um poderoso despigmentante. É o ingrediente mais popular para clarear manchas na pele ao bloquear a enzima que desencadeia a produção de melanina. As doses recomendadas rondam os 4% para efeitos rápidos e por ser despigmentante deve ser usado à noite e complementado com protetor solar durante o dia.

 

Ácido ursólico

É um “ácido” que ajuda a criar uma camada protetora na pele. Indicado para peles sensíveis porque ajuda a reconstruir as camadas exteriores da pele danificada e sensibilizada ao criar uma espécie de barreira oleosa que a protege contra as agressões externas. É um poderoso anti-aging.

 

Péptidos

Os péptidos são cadeias de aminoácidos que aumentam as proteínas da pele, como o colagénio. Normalmente são associados a cosméticos para peles maduras mas, na verdade, ao formarem uma barreira de hidratação na pele, são, cada vez mais, um ingrediente presente nos cremes para peles mais jovens para retardarem o processo de envelhecimento. Actuam melhor em cremes ou séruns.