Eu adoro queijo! …Mas já ouvi muitos dizerem que não é propriamente a melhor coisa para comer quando andamos a fazer uma dieta para secar.

Bom, trago-vos uma noticia muito agradável. Apesar dos queijos serem conhecidos por serem muito calóricos, existem dentro da “categoria” os BONS DA FITA!

Comer queijo trás alguns benefícios… são ricos em proteínas, vitaminas lipossolúveis e cálcio, e podem ajudar a perder peso por nos darem a sensação de saciedade.
O segredo está em saber escolher!

Existem diversos tipos de queijos, desde os mais magros até os mais gordurosos.

A escolha depende do objetivo e paladar de cada pessoa. O queijo ideal deve conter apenas leite, fermento e coalho, para que seja mais saudável.

Qual queijo escolher?

Devemos optar por um queijo que tenha gordura boa e que ajude a saciar.

Se estamos de dieta, devemos escolher os queijos com menor teor de gordura. Mas atenção pois os queijos mais magros, como o ricota e o cottage têm poucas calorias e sódio, mas contém mais lactose (o açúcar do leite) portanto, a quantidade de carbo-hidratos é maior.

Os queijos com maior teor de gordura, entre os mais conhecidos são o Parmesão, o Queijo da serra e o Cheddar onde cada 100 gr rodam as 300 e as 400 calorias…. o que quer dizer que cerca de 30 gramas de queijo em cima de uma bolonhesa acrescentam 120 calorias, à nossa refeição.

Alguns, mesmo não sendo amarelos (cor típica dos ultraprocessados), têm uma grande quantidade de gordura e sódio – caso do Gorgonzola e do Brie. O excesso desses alimentos prejudica a saúde e pode acelerar o aparecimento de doenças do coração e hipertensão.  

Mas como sabem, todo alimento consumido em excesso pode fazer com que sua nossa dieta (e nossa saúde) vá por água abaixo…

De entre os bons queijos encontramos o Qwark, o Queijo fresco e o Cottage.

O Qwark é um queijo com um sabor e textura muito mais parecida ao iogurte do que a um queijo comum, é verdade, mas é muito pouco calóricoe é rico em proteína.

Tem 60 calorias por 100 gr e, por ser constituído por 78% de água, é uma óptima opção para um lanche. Tem menos calorias e menos gordura, uma vez que tem 0,3 gr deste nutriente por 100 gr e ainda 10 gr de proteína.

Mas não há porque deixar de comer um queijinho de vez em quando… O equilíbrio é a resposta certa.

Pensem sempre no equilíbrio: nada de consumir quilos de queijo mesmo que sejam boas opções para a dieta e procurem um nutricionista para uma alimentação individualizada e equilibrada.