A Mia já está no 1º ciclo e tem de levar todos os dias um lanchinho para a escola. Tenho me preocupado em que leve um pouco de tudo mas, qual será o lanche perfeito para as necessidades diárias dela?

Todos sabemos a importância de uma boa alimentação mas nem todos seguimos estes conselhos. Muitas vezes a desculpa é a vida agitada que não nos permite essa organização.

Mas é muito importante incutirmos nos nossos filhos a importância de uma alimentação saudável, mostrar-lhes que devemos o quanto antes adquirir hábitos saudáveis para que no futuro sejamos adultos saudáveis.

Tenho filhos com gostos opostos… a Mia adora tudo o que é gomas e chocolates, é uma chata para comer legumes, enquanto o Kenzo prefere os legumes aos chocolates! Se vir um prato de brócolos, por exemplo, agarra no caule e come-o de uma só vez!

Sei que a nivel de vitaminas e nutrientes bons o Kenzo está com a bateria bem mais carregada do que a da Mia e por isso o meu trabalho de incutir estes hábitos saudáveis nela.

Uma criança não pode ficar muito tempo sem se alimentar, ou com intervalos muito grandes entre as refeições, pois vai perder peso, sentir cansaço, perder a concentração, e consequentemente, ter dificuldades na escola. Deve comer de 3 em 3 horas, por isso quando fazemos a lancheira devemos colocar alimentos suficientes para eles irem comendo durante o dia.

Eu preparo a lancheira da minha filha mesmo antes de sairmos de casa para que tudo vá fresquinho! Tento variar, mas desde que provou as minhas panquecas de proteína não quer outra coisa, pede-me todos os dias para levar uma e eu deixo porque não tem gordura, tem a proteína na dose ideal para ela, tem aveia que lhe dá a energia necessária e é muito saudável. Vou variando o recheio, umas vezes ponho manteiga de amendoim, outras manteiga de caju e tem dias que é manteiga de amêndoa. E ela adora todas! O que é ótimo!

Quanto mais completo for o lanche mais saudável será a sua alimentação. É importante que tenha um pouco de todos os grupos alimentares:

  • Pão, barras de cereais ou bolachas para dar energia. Dêem  prioridade a pães escuros ou de cereais, e se colocarem bolachas não optem pelas que têm recheio ou chocolate
  • Para rechear os pães devemos preferir queijo branco, manteiga magra, requeijão e peito de peru ou presunto magro, observando sempre a data de validade pois facilmente se estragam
  • Frutas ou polpas de fruta para as vitaminas. Eu prefiro mandar estas polpinhas de fruta do que um sumo pois acabam por ter menos açúcar e são mais naturais
  • Se quiserem mandar um sumo façam um caseiro, optem por frutas que não sofram tanto com a oxidação, como é o caso do abacaxi, maracujá e melão, estas frutas são a melhor opção
  • Embalem as frutas e o lanche em papel de alumínio, conserva melhor a frescura dos alimentos
  • É importante mandarem alimentos que tenham alguma proteína como por exemplo o queijo ou peito de peru. As panquecas são uma grande ajuda nesta parte.
  • Se quiserem mandar um bolinho prefiram um caseiro, façam um pão de ló que não tem manteiga e coloquem na lancheira, irá saber tão bem ou melhor do que os de pastelaria
  • Sempre que colocarem na lancheira um iogurte, lembrem os vossos filhos que o devem beber pois depois de sair do frigorífico  deve ser consumido e não deve voltar para o frigorífico. Por isso,uma vez que vai na lancheira é para ser bebido! Estraga-se muito facilmente e não deve sofrer mudanças de temperatura.
  • A fruta deve ir inteira e com casca para não perder as vitaminas nem oxidar. Se querem mandá-la cortada optem por frutas como papaia, melancia, melão ou morango. Podem também optar por uma salada de frutas, com um pouco de limão para retardar essa oxidação.
  • As frutas devem ser sempre as frutas da estação, para serem frescas e correrem menos riscos de conterem agrotóxicos. Devem também ser possíveis de comer com casca ou ter uma casca fácil de tirar.
  • As cenouras são um óptimo e saudável snack, o preferido do Kenzo que me pede sempre para levá-las para a escola
  • Os ovinhos de codorniz são óptima fonte de proteína, eles comem-nos como se fossem “tremoços”, mas devem ir sempre fresquinhos e devem ser comidos no próprio dia
  • Os frutos secos são um óptimo petisco e uma boa fonte de energia, perfeito para os nossos traquinas

 

A lancheira deve conter um alimento de cada grupo alimentar. Vou-vos deixar exemplos de um menu semanal para a lancheira dos filhotes:

Segunda: 1 maçã, 1 queijinho, 1 iogurte e um pão de cereais com fiambre de perú

Terça: 1 banana, 2 ovinhos de codorniz, 1 pacote de leite e uma panqueca de proteina com manteiga de amendoim

Quarta: 1 polpa de fruta, 1 barrinha de cereais, 1 iogurte e 1 bolo caseiro

Quinta: 1 ovo cozido, 1 cenoura, salada de frutas e pão de cereais com queijo

Sexta: 1 iogurte, 1 queijinho, 1 barrinha frutos secos,  1 panqueca de proteína com manteiga de cajú

 

– Devemos falar com os nossos filhos quando estamos a fazer fazer a lancheira pois eles devem perceber o porquê da nossa escolha.

-Devemos também perceber se gostam das nossas escolhas e se as comem, para não estarmos a enviar algo que não vão comer. Podem deitar fora e nunca sabemos se estão a comer o que deviam.

Depois é esperar que comam tudo e que desta forma, nós como mães, estejamos a contribuir para um crescimento saudável e equilibrado.

Receita da Panqueca