Existem algumas técnicas para conseguirmos poupar algum dinheiro quando vamos às compras, e eu ponho-as em prática.

Uns “tostões” mal gastos podem originar despesas na ordem das centenas ou milhares de euros extra no final do ano.

Nos tempos que correm uma má escolha vai influenciar no orçamento familiar.

Estes são alguns truques para poupar no supermercado

 

– Façam um inventário de tudo o que têm na despensa, frigorífico e congelador. Assim evitam gastar em produtos que já têm mas que pensavam não ter.

– Façam sempre que podem um menu semanal, e assim saberão o que têm de comprar para toda a semana e evitam idas extras ao supermercado, poupando tempo e combustível.

– Evitem levar os filhos às compras. É difícil dizer que não quando eles dizem ” vá lá mamã”!!

– Tentem ir a supermercados que dêem bónus pelas compras, depois poderão gastar esses pontos em gasóleo, dá imenso jeito para quando não conseguem atestar na bomba perto de casa que tem o gasóleo a um preço mais barato.

– Tentem fazer compras mais para o fim do dia. Não sei se já repararam, mas em alguns supermercados existem uns produtos com etiquetas rosa. Significa que estão mais baratos por estarem a chegar ao fim do prazo. E a chegar ao fim do prazo não quer dizer estragados, mas sim que eles não os poderão ter, por segurança, mais tempo expostos para venda. Essas etiquetas normalmente são colocadas no fim do dia.

Como poupar nas idas ao supermercado

– Olhem sempre para os produtos nas prateleiras mais altas ou mais baixas, são normalmente os mais baratos.

– Procurem as promoções, e se forem boas comprem em quantidade. Vale bem a pena! Verifiquem só o prazo de validade para não correrem riscos. Mas comprem só o que precisam e usam, não comprem só porque está em promoção.

– Tentem ir sempre ao mesmo supermercado, pois poupam tempo e dinheiro, porque já sabem onde estão os produtos que costumam comprar. Se o fizerem evitam ter que passear pelos corredores à procura dos produtos e evitam comprar por impulso.

Como poupar nas idas ao supermercado

– Aconselho a usarem uma calculadora. Assim poderão fazer contas ao preço por dose ou kilo, e saberão quanto irão gastar no final.

– Estipulem um valor a gastar, será um teste à vossa organização.

 

Para me organizar uso um software de gestão de finanças pessoais, o Boonzi, que me ajuda a ter uma noção de onde gasto o meu dinheiro, e assim consigo saber onde posso poupar.

Podem saber mais sobre este software em www.boonzi.pt