Qual é a criança que não gosta de chocolates e doces cheios de açúcar?

Poucas, eu sei! … E muitas vezes é-nos difícil dizer não aos leites com chocolate e aos bolinhos que tanto gostam…

Mas o açúcar existente nestes lanchinhos é veneno para os nossos filhos.

E por isso devemos encaminhá-los para boas práticas alimentares de forma a controlarem esse desejo por açúcares.

 

Dicas para controlar o consumo de açúcar

É importante não esquecer que as crianças não devem consumir mais do que seis colheres de chá de açúcar por dia, o que equivale a aproximadamente 100 calorias.

O alto consumo de doces, gomas e refrigerantes pode aumentar a concentração de insulina e adrenalina no sangue, que em excesso provocam ansiedade, excitação e dificuldade de concentração nas crianças.

O chocolate, por exemplo, é muito nutritivo… uma boa fonte de energia, com antioxidantes, vitaminas e cálcio, e é responsável por liberar endorfina e serotonina, que nos dá uma sensação de bem-estar. Mas é muito importante comerem com moderação para evitar os efeitos negativos associados ao açúcar e às gorduras presentes nos chocolates.

 

  • Quando eles quiserem comer chocolate devem tirar uma porção para eles consumirem e não deixar a embalagem toda à disposição das crianças, pois vão comer tudo o que lhes apetece.
  • Estipulem horários específicos para as refeições. Este hábito auxilia os pais a incentivarem a alimentação saudável, além de facilitar o controle do tipo de alimento que deve ser ingerido. Desta forma fica mais fácil dizer que não está na hora de comer doces, pois é hora de jantar, …por exemplo.
  • Sejam rígidos… Comer doces somente depois das refeições.
  • Não proíbam o doce… o fruto proibido é sempre o mais apetecido, devem sim escolher, juntamente com os vossos filhos, estipular um dia específico para comer a sobremesa preferida deles, ou momentos especiais para o fazer.
  • Fomentem o consumo de fruta como sendo “um doce” bom e saudável.
  • Façam doces caseiros, assim podem controlar a adição do açúcar. Esta é a receita de gomas que eu faço em casa – Como fazer gomas em casa

 

Os perigos do consumo excessivo de açúcar 

1- Nos primeiros meses de introdução dos alimentos (6 aos 12 meses de vida) não devem dar alimentos açucarados aos vossos filhos pois eles estão a descobrir novos sabores e alimentos e esses devem lhes ser oferecidos com seu sabor original, sem acréscimo de açúcar ou sal.

2- Não devem dar refrigerantes aos vossos filhos. São ricos em açúcar, sal, aditivos químicos e cafeína, contribuindo para o aparecimento de problemas de saúde como a hipertensão e os diabetes.

3- A ingestão habitual de gomas e doces, refrigerantes e achocolatados, mantêm as moléculas de açúcares na boca que favorecem a proliferação de bactérias, a formação de cáries e a inflamação das gengivas. Quando eles comem doces devem ser obrigados a lavar logo os dentes para evitar a formação de cáries dentárias.

4- Evitem sumos de frutas industrializados, prefira oferecer-lhes sumos e refrescos feitos em casa com fruta natural.

5- Ofereçam água como principal fonte de hidratação, para criem o hábito de consumir líquidos sem sabor e reduzir desta forma o consumo de sumos e refrigerantes.

6- Ofereçam frutas frescas como sobremesa e evitem doces que contenham chocolates e cremes.

Problemas causados pelo consumo excessivo de açúcar

1. cáries;
2. colesterol alto;
3. triglicérides altos;
4. obesidade;
5. perda de sono;
6. agitação;
7. diarreia;
8. vômitos;
9. alterações gastrointestinais.

Os nossos filhos não precisam de consumir doces, bolachas, gomas e chocolates para serem felizes. Devemos procurar dar-lhes a melhor alimentação possível, pois hoje são crianças activas e saudáveis mas estes “estragos” podem torná-los em adolescentes e adultos doentes.

Se aprenderem desde pequenos a comer bem, nunca terão o problema de conseguir que eles sigam uma alimentação correcta.

Passa por nós pais, esse ensinamento.

E é tão, mas tão importante para a felicidade dos nossos filhos!